segunda-feira, 2 de setembro de 2019

Fechamento Agosto/2019 - R$ 187.487,26 (-0,3%)

Vamos a mais um fechamento...

Esse mês precisei fazer uma pequena retirada, nada que comprometa a meta de chegar aos 200k ainda esse ano.

Esse mês passou rápido, tive uma rentabilidade normal, a bolsa caiu um pouco mas como não estou muito exposto em RV não mudou em nada minha situação.

Fiz algumas mudanças na carteira,  estava com muita grana na poupança, comprei um fundo de investimento novo e outra parte foi em RF.

Sigo comprando R$ 1.500,00 reais em ações todos os meses, esse mês comprei ITSA3, estava com o preço bom e muito próximo ao seu suporte mantendo a tendência primária de alta. Minha carteira de ações ainda está muito nova mas já mostra um bom rendimento nesses 4 meses.

Vamos ao fechamento





Patrimônio esta praticamente estável nesses dois últimos meses.


Pretendo fazer um curso de especulação no início do próximo ano, não vejo muita gente comentando que faz especulação na bolsa, porém acredito que para dar uma turbinada na rentabilidade e deixar a caminhada mais emocionante fazer umas especulações não é pecado e muito menos ilegal, então se pode ser feito porque não fazer?

Porém sempre lembrando que para ficar rico, construir patrimônio, é essencial investir a longo prazo. Não se fica rico apenas especulando, é necessário ter bons investimentos em carteira e algum trocado para especular quando o mercado esta favorável.


Era isto, abraços

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Construindo Patrimônio Líquido

A grande maioria das pessoas acreditam que ter um alto padrão de vida significa riqueza, porém sabemos que o padrão de vida não define o quão rico uma pessoa é, o que define riqueza é o Patrimônio Líquido. Existem pessoas, talvez a maioria da classe média, vive de aparência e gasta tudo e as vezes até fica devendo no cartão de crédito para manter esse status. Essas pessoas precisam ter o carro do ano, o celular de última geração, enfim nunca estão contentes pois esses bens são projetados para se tornarem obsoletos em pouco tempo. Por mais que você compre uma casa nova, com tudo o que sempre sonhou dentro, em dez anos ou até menos sua casa estará tão desatualizada quanto a sua casa atual.



Abdicar de conforto hoje para viver uma vida de fartura no futuro, sem se preocupar com a mensalidade da faculdade do filho, podendo trocar de carro sem peso na consciência, ter uma estabilidade financeira independente do seu salário. É isso que busco e para isto preciso construir patrimônio.

Ter um bom Patrimônio Líquido depende de alguns fatores, antes de chegar neles é necessário ter em mente que disciplina e paciência serão fundamentais nesse longo caminho. O fato de não seguir a mamada e buscar o caminho da Independência Financeira tendo que aprender constantemente sobre finanças, estar ligado no mercado financeiro, taxas de juros, conhecer os diversos produtos que as corretoras oferecem é apenas uma pequena parcela do esforça e dedicação necessários. Sendo que  a força mental para seguir em frente diante de uma queda do mercado ou para resistir as inúmeras tentações que somos expostos diariamente  é o primordial, é necessário pensar e agir corretamente.



O Patrimônio Líquido nada mais é do que a somatória de todos os bens subtraído de todos os deveres.
Para construir Patrimônio precisamos estar atentos a 4 fatores: Rendimentos, Poupança, Investimentos e Simplificação.

Rendimentos:  Por mais que seja bonito o discurso de que qualquer um pode polpar e ter uma vida financeira tranquila a realidade é que para atingir um bom patrimônio precisamos ter bons rendimentos. Quanto maior os ganhos mas fácil polpar quantias significativas todos os meses.

Poupança: Tendo um bom salário, ou bom rendimento anual, o segundo passo é colocar as contas em dia e não medir esforços para acumular de forma disciplinada uma boa parte dos ganhos todos os meses. Somos pessoas de hábitos, no início será duro porém com o passar do tempo a rotina faz com que se torne parte de nossa rotina. A poupança é a chave mestra para qualquer um que deseja construir Patrimônio, quanto maior a poupança maior será nossa capacidade de acumular e consequentemente maior será nossa riqueza.

Investimentos: Após montar uma boa reserva de emergência que seja suficiente para cobrir de 6 a 12 meses das despesas é chegada a hora de buscar investimentos que façam o dinheiro trabalhar para nós. Existem diversas formas de investimentos, escolha uma que seja confortável para o seu perfil e vai sempre buscando diversificar. Somente com a diversificação é que conseguimos ficar protegidos de crises e quedas acentuadas, pois somente uma parte do Patrimônio estará exposto., nunca coloque todos os ovos num mesmo cesto. Pode parecer clichê porém é uma verdade.

Simplificação: Não tem como construir um bom Patrimônio se nosso estilo de vida consome toda a nossa receita. É muito importante achar um estilo de vida que seja simples porém tenha o conforto que sua família espera. O caminho para a riqueza é longo e se não conseguir manter um padrão de vida aceitável pela sua família não será um caminho prazeroso e eu diria até que as chances de desistir no meio da empreitada são muito grandes.



Esses fatores são decisivos para obter a Independência Financeira. Existe apenas um caminho para construir o seu Patrimônio, é o caminho dos investimentos.

Fácil não é, mas é possível.

quarta-feira, 31 de julho de 2019

Patrimônio Julho/2019 - R$ 188.091,35 (+1,7%)

Atualização rápida do patrimônio....

Julho o aporte foi pequeno, tive alguns gastos extras com carro, babá do meu filho resolveu sair etc...faz parte da vida.

Julho comprei ações de duas empresas seguindo a estratégia de Investimento Gradual na bolsa de valores, cheguei a 3 ações sendo que o objetivo no primeiro ciclo de compras são 10 empresas com excelentes fundamentos.

Vamos aos números...


Estou com muita grana "parada" na poupança, esse mês de agosto pretendo encontrar novos ativos para investir o dinheiro. Mesmo assim a rentabilidade foi boa, esse ano já passei dos 8% de rendimento da carteira, está bom demais.

Gráfico do patrimônio chegando próximo aos 200k, até dezembro espero atingir essa marca. Já estou pensando de que forma irei comemorar, provavelmente levarei a esposa para jantar num restaurante bacana.


Estou bolando uma série de análises fundamentalistas verificando os motivos que me levaram a escolher as ações que estou comprando, até mesmo para deixar registrado para acompanhamento dos fundamentos....vamos ver se me animo em postar alguma coisa nesse sentido.


quinta-feira, 25 de julho de 2019

Juros compostos e Aportes - Principais aliados

A difícil arte de convencer sua esposa a economizar....

Sempre fui de economizar dinheiro, porém quando conseguia uma certa quantia sempre aparecia alguma coisa para comprar( carro, terreno, reforma, etc) e acabava voltando ao zero novamente.

Comecei a perceber que alguma coisa estava errada, não era possível viver sempre nesse mesmo ciclo, comecei a ler blog, livros e comecei a conhecer a comunidade FIRE. Até que em 2018 resolvi iniciar minha trajetória em busca de minha tranquilidade financeira.

Até agora eu não tinha muita esperança que minha esposa fosse me ajudar com essa loucura. Convenhamos que economizar durante anos e anos para quem sabe conseguir viver de renda no futuro é um pouco de utopia. Mas essa semana ela me manda uma msg com um e-mail de uma inscrição para um curso na área financeira. Já me animei. Ainda mais por ser um curso grátis. kkkk

Já estou traçando estratégias de como fazer ela guardar uma parte de sua renda, acredito que 30% ela consiga guardar a cada mês. Será uma bela ajuda pois faria a atual taxa de poupança subir quase 50%.

Enquanto não chega a hora de avaliar quanto podemos economizar, fiz alguns cálculos para demostrar para ela a força dos juros compostos ao longo do tempo e a importância de aportes maiores no início. Seguem os resultados:

Primeiro caso:
Valor inicial: R$ 200.000,00
Taxa Juros: 7% ao ano
Aportes: sem aportes

Neste caso apenas os juros fazem todo o trabalho, rendendo em 30 anos aproximadamente 1 milhão de reais. Conforme podemos ver na tabela a seguir:


É importante notar que nos primeiros 5 anos temos 70k de rendimentos enquanto nos últimos 5 anos do estudo temos mais de 300k de rendimentos.


Segundo caso:
Valor inicial: R$ 200.000,00
Taxa Juros: 7% ao ano
Aportes: R$ 3.000,00 mensais durante os primeiros 10 anos.

Agora além dos juros compostos temos os aportes mensais e constantes por 10 anos fazendo com que o patrimônio tenha um crescimento muito mais rápido, mostrando a importância dos aportes maiores no início da caminhada. Segue tabela e gráfico comparando as duas situações:




A diferença é realmente assustadora, no primeiro caso poupamos 200k e no segundo caso 560k, porém a diferença no longo prazo vale a pena.


Analisando estas duas situações podemos ver que o tempo e a taxa de poupança alta são  dois aliados na busca pela independência financeira, ou tranquilidade financeira, pois no meu caso eu não pretendo parar de trabalhar.

Agora é mostrar isto para a esposa e torcer para que sua mentalidade sobre dinheiro comece a mudar. No papel parece simples, mas nós somos bombardeados por consumo em todas as partes, até mesmo a busca da independência financeira nos faz consumir mais e mais produtos, pois a cada dia recebo dezenas de e-mail me oferecendo algum produto ou serviço sobre investimentos.















segunda-feira, 1 de julho de 2019

Patrimônio Junho/2019 - R$ 184.133,16 (+26%)

Junho foi um mês de divisão dos lucros, me possibilitando um aporte de aproximadamente R$34.000,00 dando uma animada no patrimônio e ainda recebi a devolução de um dinheiro que estava emprestado. Estou próximo dos 200 mil vamos ver se até final do ano eu consigo chegar neste valor.

Este mês de junho também fui sorteado em um consórcio, eu fiquei ano passado inteiro dando lance para ser contemplado e nada, esse ano que resolvi parar de dar lance e deixar por conta acabo sendo sorteado. São curiosidades da vida. Irei quitar o consórcio, ou seja irei pegar mais uma grana extra, porém essa grana irá para a construção da minha casa. Ano que vem irei começar a construir, já tenho terreno e já conversei com engenheiro para fazer o projeto, pretendo começar a construção no começo de 2020. Estou bastante animado porém bem preocupado, obra sempre consome muita energia e dinheiro, moro em um apartamento e só de pensar em sair dele já me anima ainda mais. Com crianças pequenas não é fácil administrar o barulho em apartamentos. Espero ter sorte e paciência nessa jornada que vai iniciar ano que vem..

Vamos ao que interessa, fechamento:




Todos meus investimentos ficaram no positivo, fechando a rentabilidade em 2,73% no último mês.

Patrimônio Plantando Milhão:



Patrimônio não esta crescendo conforme eu imaginei, porém quando fazemos um planejamento nem sempre as coisas acontecem da forma que foi colocada no papel, sempre existem altos e baixos. Tirei a linha da meta pois resolvi investir o máximo possível porém sem deixar de viver o presente. O amanhã pode demorar muito para chegar, vamos viver o presente sem esquecer do futuro.


Investimento Gradual em Ações

Mês de Junho iniciei meus investimentos em ações, estou usando investimento gradual, comprando R$ 1.500,00 em ações todos os dias 5 de cada mês.

Junho/2019 - comprei 82 ações de ABCB por 18,25 cada ação. Já recebi um e-mail informando que terá uma distribuição de capital de R$ 0,55 por ação; ou seja, 3% do valor que investi. Muito bom para iniciar.

Próximas ações já estão selecionadas, apenas esperando chegar o momento da compra.
























segunda-feira, 10 de junho de 2019

Estratégia Renda Variável

Esse mês vou iniciar meus investimentos em renda variável. Para isto preciso criar minha estratégia de investimentos (assim como fiz para renda fixa onde uso a estratégia de investimento em escada) onde já decido qual valor será investido e qual a estratégia de venda, balanceamento da carteira e principalmente compras, pois a ideia é comprar muito mais do que vender. Irei usar Investimento Gradual, não sou especialista nessa área, portanto não irei entrar em detalhes, apenas de forma geral.

Irei investir R$ 1.500,00 todos os meses apenas em ações de excelentes empresas; já tenho uma lista de aproximadamente 20 ações, algumas com bons preços e outras com preços um tanto quanto esticados, porém por se tratar de boas empresas dificilmente iremos conseguir comprar por pichinchas. A medida que todas as empresas da lista forem adquiridas o ciclo reinicia e assim por diante, sempre mantendo o mesmo peso em valor para cada uma das empresas.

Essa é uma estratégia muito simples, não exige muito tempo, porém exige muita disciplina e paciência, pois para montar uma carteira relativamente madura leva pelo menos 5 anos. Meu plano inicial é aportar por 10 anos, no primeiro ciclo serão dez ações com R$1.500,00 para cada uma ação, totalizando R$ 15.000,00. Os valores serão sempre o mesmo para cada ciclo, dessa forma consigo manter a carteira equilibrada.

As compras serão basicamente no mesmo dia todos os meses, isto é apenas para deixar o fator preço de mercado fora de preocupação, pois após entrar na carteira a ação será comprada conforme a lista for evoluindo, sendo analisado o preço apenas para a primeira compra.

Irei fazer o rebalanceamento da carteira sempre que necessário, ou seja, quando uma ação estiver com valorização muito alta, fazendo com que tenha maior destaque na carteira será vendida para equilibrar o valor em comparação ao valor das demais ações, ou será retirada da carteira conforme seus fundamentos mudarem para pior.

A primeira compra desse ciclo já foi realizada, sendo assim tenho mais 9 meses de compras até fechar este primeiro ciclo.

A estratégia de forma geral é esta...




 





segunda-feira, 3 de junho de 2019

Patrimônio Maio/2019 - R$ 145.004,26 (+0,70%)

Fechamento de Maio, mês sem muitas novidades. Junho promete ser mais movimentado

Fechamento




Mais um mês sem grande aporte, rentabilidade foi baixa, porém não foi negativa.

Em Junho irei iniciar a carteira de ações, com aportes mensais, estou estudando bastante e montando minhas estratégias de alocação, venda e de balanceamento da carteira.