terça-feira, 5 de novembro de 2019

Quer ser um pagador de contas pelo resto da vida?

Estou relendo algumas partes de alguns livros e me deparei com esse texto que eu havia marcado do livro Geração de Valor, do Flávio Augusto da Silva. Excelente livro esse do Flávio, com belos textos. Assisti uma palestra com ele faz um ano e não é por nada que o cara construiu um império, realmente é alguém para se espelhar.
Vamos ao texto dele:

Quer ser um pagador de contas pelo resto da vida?

Não adianta apenas ganhar bem. É importante saber gastar bem. Se vc gasta 100% do que ganha(e, em alguns casos 110%, porque contrai dívidas), vai passar por este planeta sendo nada mais do que um pagador de contas.

Não importa se vc ganha pouco ou muito. Uma dica é: separe e invista 20% de seus ganhos. Fazer isso será a maior garantia de que, com o passar do tempo, vc terá alguma chance de mudar sua realidade.

Isso exige sacrifícios, mas como seria se a sua gestão, nos últimos 10 anos, tivesse priorizado separar e investir 20% de tudo que vc ganhou? Quantas dezenas ou até centenas de milhares de reais vc teria em caixa lhe rendendo pelo menos 10% ao ano, a baixíssimo risco?

Jamais vai sobrar dinheiro em seu orçamento, muito menos 20% de seu ganho. Por isso eu disse separar e investir antes de tudo, de modo a viver com o restante. Isso exige sacrifício e disciplina que poucos se dispõem a seguir, já que o consumismo sempre vai apresentar uma oportunidade imperdível à qual a maioria cede por causa do próprio imediatismo.

Alguns vão dizer, quase chorando:"Mas Flávio, falar é fácil. Eu não consigo viver com 80% do que ganho." Então eu pergunto: Como vc faria se ficasse desempregado? Geralmente, respondem:"Ah, nesse caso, eu daria um jeito." Pois é, é disso que estou falando. Você tem que dar um jeito agora para viver com 80%. Simples assim. Essa é a sua chance de, a médio prazo, declarar sua liberdade financeira enquanto a grande maioria caminha para a dependência financeira do sistema.
A filosofia que rege o imediatismo é esta: "Eu vou morrer mesmo. Então, pra que economizar?" E assim mergulham em suas dívidas.

Claro que vamos morrer. Mas se anda vale a pena, pra que matriculamos nossos filhos na escola? Porque é uma aposta no futuro. Separar e investir 20% do seu ganho é um investimento tão concreto quanto matricular o filho numa escola em favor do futuro dele.

A falta de educação financeira, aliada a epidemia do imediatismo, faz com que um grande número de pessoas mergulhe na mediocridade, na escravidão das dívidas à mercê de altos juros. Essa realidade é capaz de lhes roubar um futuro mais próspero. Com a capacidade financeira que poderiam conquistar com suas economias, essas pessoas poderiam investir em grandes oportunidades.

Essa é uma verdade inconveniente que poucos querem ouvir. Não é por acaso que poucos chegam mais longe.

Esse texto me surpreendeu pela simplicidade, é exatamente o que eu penso hoje em dia sobre o dinheiro, consumir menos, economizar ao máximo, etc.
Acredito que ter essa mentalidade não é para todos, apenas alguns seguirão poupando e investindo sem gastar quando alcançar uma certa quantia, as tentações são muitas. Não podemos perder o foco.

Fechamento Outubro/2019 - R$ 193.774,33 (+1,5%)

Vamos a mais um fechamento, meu patrimônio cresceu quase 3k sem aportes, nada mal!

Em Outubro a grana do aporte foi para uma viagem para Gramado/RS, viajamos por 4 dias pela serra gaúcha, um lugar fantástico, passeios bacanas, hotéis excelentes, boa comida, preços bem salgados. Como é uma cidade turística, nada em Gramado é barato, porém fizemos uma excelente viagem junto com alguns amigos. Comemos bem, bebemos um pouco e aproveitamos bastante o hotel e a cidade. Mesmo levando toda a grana do aporte foi um bom mês. Esposa feliz com a viagem, filho feliz que conheceu lugares novos, é  avida buscando o equilíbrio.

Vamos ao números:


Sigo buscando atingir os 200k ainda esse ano, mas caso não seja possível de janeiro/2020 não passa.

Gráfico do Patrimônio:

Patrimônio segue crescendo. Em novembro de 2017 eu tinha praticamente 10k e agora apenas 2 anos depois estou próximo dos 200k, isso sem contar com outros bens, como terrenos e carro, considerando apenas o dinheiro disponível em corretora e banco. Esse crescimento no meu patrimônio líquido se deve principalmente a mudança de mentalidade. Durante muito tempo tratei o dinheiro de forma errada, sem ter planejamento o dinheiro escoa por nossos dedos numa velocidade absurda. Hoje controlo minhas contas a pagar e planejo cada aquisição que pretendo e preciso fazer.
A educação financeira faz muita diferença. 

Preciso voltar a ler, porém depois de atingir um certo conhecimento fica muito mais complicado achar bons livros sobre investimentos e finanças.



quinta-feira, 3 de outubro de 2019

O Fim da Renda Fixa. Selic 5,5%

Com mais uma queda na taxa Selic, e pelo visto ainda teremos novas quedas, a Renda Fixa se torna cada vez menos interessante, a época de dois dígitos ficou para trás e agora nos vemos obrigados a buscar outros investimentos.

Seria a hora de aumentarmos exposição da Renda Variável? Começar aquele projeto de empreendedorismo? Colocar a grana em RV no exterior? São tantas perguntas ( O Show da Luna que me perdoe, quem tem filho sabe).




Olhando para o histórico da Bovespa, investir agora em RV não me parece a melhor hora, pois praticamente tudo o que presta na bolsa está esticado, o gráfico da bolsa está no topo histórico, embora esteja em tendencia de alta, porém sabemos que devemos comprar nas baixas e vender nas altas. Acredito que comprar bem faz sim diferença, ainda mais se a quantidade for grande.


Conforme análise gráfica da Bovespa, o índice segue em tendencia de alta, respeitando o canal.


Tenho procurado empresas com excelentes fundamentos e praticamente todas estão "caras", está muito difícil achar papéis bons e baratos. Até para especular esta difícil.

Não esta fácil para ninguém, seja Renda Fixa ou Renda Variável. Mas ainda me parece pior a RF.

Diante desse novo cenário, não mais irei aportar em Renda Fixa, tenho CDB pagando mais de 10%a.a. e CRA com CDI+2%, que era interessante alguns meses atrás, porém agora não mais. Por exemplo, esse mês irá vencer um CRA e rendeu nos últimos 20 meses pouco menos de 8%. Fica o gosto amargo da Renda Fixa nessa nova realidade, nunca tivemos taxas tão baixas.


O caminho para IF via Renda Fixa está bastante nebuloso. O que nos resta é buscar novos caminhos e seguir firme na caminhada rumo a IF.






segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Fechamento Setembro/2019 - R$ 190.905,34 (+1,8%)

Mais um fechamento de mês, como dizia a canção: o tempo não para.

Esse mês passou novamente muito rápido, não foi o melhor setembro dos últimos anos para o comércio mas não gosto de reclamar, sigo sem dívidas, com meu patrimônio aumentando, cuidando das minhas despesas, enfim estou fazendo o dever de casa.

Esse fim de semana eu e minha família fomos passar na fazenda de um amigo, muito bom poder proporcionar isto para meu filho, estar em contato com a natureza, brincando com os animais, que digam as galinhas, perus e patos, fizeram maratona com as crianças correndo atrás. Passar uns dias longe do agito da cidade foi muito bom, sem contar que estar com amigos é um energético e tanto. Temos sorte de ter ótimos amigos.

Mas vamos ao fechamento.


Rentabilidade desse mês foi boa, TD rendeu quase 3%. Tudo fruto da queda da Selic, pelo que parece promete novas quedas até final do ano. Pelo visto Renda Fixa esta com os dias contados, terei que rever minha estratégia em RF pois planejava comprar todo ano um pouco desde que estivem com rentabilidade atrativa, esse ano adicionei a carteira apenas um CRI pagando CDI+2% que me parece não vai render os 7% a.a. que eu estava esperando. Em breve terei que rever isto.

Segue gráfico com o Patrimônio.



Gráfico está estável e deve permanecer assim até ano que vem, ainda tenho esperança de atingir os 200k até janeiro/2020, porém vou fazer uma viagem agora em Outubro com minha esposa e meu filho então pode ser que este objetivo não seja atingido, porém precisamos nos dar ao luxo de fazer uma viagem decente e poder visitar lugares bacanas e comer uma boa comida sem se preocupar com o valor, eu vejo como um remédio para  a alma :) 



segunda-feira, 2 de setembro de 2019

Fechamento Agosto/2019 - R$ 187.487,26 (-0,3%)

Vamos a mais um fechamento...

Esse mês precisei fazer uma pequena retirada, nada que comprometa a meta de chegar aos 200k ainda esse ano.

Esse mês passou rápido, tive uma rentabilidade normal, a bolsa caiu um pouco mas como não estou muito exposto em RV não mudou em nada minha situação.

Fiz algumas mudanças na carteira,  estava com muita grana na poupança, comprei um fundo de investimento novo e outra parte foi em RF.

Sigo comprando R$ 1.500,00 reais em ações todos os meses, esse mês comprei ITSA3, estava com o preço bom e muito próximo ao seu suporte mantendo a tendência primária de alta. Minha carteira de ações ainda está muito nova mas já mostra um bom rendimento nesses 4 meses.

Vamos ao fechamento





Patrimônio esta praticamente estável nesses dois últimos meses.


Pretendo fazer um curso de especulação no início do próximo ano, não vejo muita gente comentando que faz especulação na bolsa, porém acredito que para dar uma turbinada na rentabilidade e deixar a caminhada mais emocionante fazer umas especulações não é pecado e muito menos ilegal, então se pode ser feito porque não fazer?

Porém sempre lembrando que para ficar rico, construir patrimônio, é essencial investir a longo prazo. Não se fica rico apenas especulando, é necessário ter bons investimentos em carteira e algum trocado para especular quando o mercado esta favorável.


Era isto, abraços

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Construindo Patrimônio Líquido

A grande maioria das pessoas acreditam que ter um alto padrão de vida significa riqueza, porém sabemos que o padrão de vida não define o quão rico uma pessoa é, o que define riqueza é o Patrimônio Líquido. Existem pessoas, talvez a maioria da classe média, vive de aparência e gasta tudo e as vezes até fica devendo no cartão de crédito para manter esse status. Essas pessoas precisam ter o carro do ano, o celular de última geração, enfim nunca estão contentes pois esses bens são projetados para se tornarem obsoletos em pouco tempo. Por mais que você compre uma casa nova, com tudo o que sempre sonhou dentro, em dez anos ou até menos sua casa estará tão desatualizada quanto a sua casa atual.



Abdicar de conforto hoje para viver uma vida de fartura no futuro, sem se preocupar com a mensalidade da faculdade do filho, podendo trocar de carro sem peso na consciência, ter uma estabilidade financeira independente do seu salário. É isso que busco e para isto preciso construir patrimônio.

Ter um bom Patrimônio Líquido depende de alguns fatores, antes de chegar neles é necessário ter em mente que disciplina e paciência serão fundamentais nesse longo caminho. O fato de não seguir a mamada e buscar o caminho da Independência Financeira tendo que aprender constantemente sobre finanças, estar ligado no mercado financeiro, taxas de juros, conhecer os diversos produtos que as corretoras oferecem é apenas uma pequena parcela do esforça e dedicação necessários. Sendo que  a força mental para seguir em frente diante de uma queda do mercado ou para resistir as inúmeras tentações que somos expostos diariamente  é o primordial, é necessário pensar e agir corretamente.



O Patrimônio Líquido nada mais é do que a somatória de todos os bens subtraído de todos os deveres.
Para construir Patrimônio precisamos estar atentos a 4 fatores: Rendimentos, Poupança, Investimentos e Simplificação.

Rendimentos:  Por mais que seja bonito o discurso de que qualquer um pode polpar e ter uma vida financeira tranquila a realidade é que para atingir um bom patrimônio precisamos ter bons rendimentos. Quanto maior os ganhos mas fácil polpar quantias significativas todos os meses.

Poupança: Tendo um bom salário, ou bom rendimento anual, o segundo passo é colocar as contas em dia e não medir esforços para acumular de forma disciplinada uma boa parte dos ganhos todos os meses. Somos pessoas de hábitos, no início será duro porém com o passar do tempo a rotina faz com que se torne parte de nossa rotina. A poupança é a chave mestra para qualquer um que deseja construir Patrimônio, quanto maior a poupança maior será nossa capacidade de acumular e consequentemente maior será nossa riqueza.

Investimentos: Após montar uma boa reserva de emergência que seja suficiente para cobrir de 6 a 12 meses das despesas é chegada a hora de buscar investimentos que façam o dinheiro trabalhar para nós. Existem diversas formas de investimentos, escolha uma que seja confortável para o seu perfil e vai sempre buscando diversificar. Somente com a diversificação é que conseguimos ficar protegidos de crises e quedas acentuadas, pois somente uma parte do Patrimônio estará exposto., nunca coloque todos os ovos num mesmo cesto. Pode parecer clichê porém é uma verdade.

Simplificação: Não tem como construir um bom Patrimônio se nosso estilo de vida consome toda a nossa receita. É muito importante achar um estilo de vida que seja simples porém tenha o conforto que sua família espera. O caminho para a riqueza é longo e se não conseguir manter um padrão de vida aceitável pela sua família não será um caminho prazeroso e eu diria até que as chances de desistir no meio da empreitada são muito grandes.



Esses fatores são decisivos para obter a Independência Financeira. Existe apenas um caminho para construir o seu Patrimônio, é o caminho dos investimentos.

Fácil não é, mas é possível.

quarta-feira, 31 de julho de 2019

Patrimônio Julho/2019 - R$ 188.091,35 (+1,7%)

Atualização rápida do patrimônio....

Julho o aporte foi pequeno, tive alguns gastos extras com carro, babá do meu filho resolveu sair etc...faz parte da vida.

Julho comprei ações de duas empresas seguindo a estratégia de Investimento Gradual na bolsa de valores, cheguei a 3 ações sendo que o objetivo no primeiro ciclo de compras são 10 empresas com excelentes fundamentos.

Vamos aos números...


Estou com muita grana "parada" na poupança, esse mês de agosto pretendo encontrar novos ativos para investir o dinheiro. Mesmo assim a rentabilidade foi boa, esse ano já passei dos 8% de rendimento da carteira, está bom demais.

Gráfico do patrimônio chegando próximo aos 200k, até dezembro espero atingir essa marca. Já estou pensando de que forma irei comemorar, provavelmente levarei a esposa para jantar num restaurante bacana.


Estou bolando uma série de análises fundamentalistas verificando os motivos que me levaram a escolher as ações que estou comprando, até mesmo para deixar registrado para acompanhamento dos fundamentos....vamos ver se me animo em postar alguma coisa nesse sentido.